Os desafios da pedagogia e educação Infantil no Brasil

É durante a educação infantil que a criança tem seu primeiro contato com novas experiências, vivências e uma socialização que nunca tinha tido antes em casa com os pais ou responsáveis. É nesse período também, que diversos conceitos são formados e vários outros desafios virão, tanto de aprendizado como aqueles oriundos das interações sociais com outras crianças e adultos.

O papel do pedagogo

O pedagogo, diante desse cenário, cumpre um papel fundamental. É ele quem vai fazer a intermediação nas situações diversas, poderá intervir quando necessário e se fará presente nas situações de conflito, além de desenvolver ferramentas e estratégias que auxiliarão os pequenos nessa caminhada de aprendizado.

A formação do pedagogo

Durante os quatro ou cinco anos da faculdade, o pedagogo aprende muito do campo conceitual e teórico da área. Abordagens e métodos são discutidos durante grande parte da graduação. Essas discussões, muitas vezes, são descoladas da prática cotidiana. Há realidades muito distintas, as quais aquele profissional nunca tinha se deparado antes durante a graduação.

Na atuação no mercado de trabalho, escolas públicas e particulares apresentam características bem diferentes, relações e visões que muitas vezes se contradizem uma com a outra, já que apresentam contextos sociais totalmente distintos.

Nesse sentido, existe um consenso entre pesquisadores da área da educação e profissionais da área da pedagogia que há inúmeras defasagens e lacunas na formação que depois acabam surgindo como grandes desafios na prática profissional dentro de sala de aula.

Novos olhares necessários na formação do pedagogo

A ideia de que a formação é completa e prepara o pedagogo para o mercado de trabalho, ficou no passado. Os tempos mudaram e junto com o nascimento do século XXI essas transformações passaram a ser cada vez mais perceptíveis.

A transmissão do conhecimento por meio de um diálogo horizontal com os alunos, as diversas maneiras de expressão das crianças demandaram, de muitas faculdades, uma mudança nas suas grades curriculares.

As disciplinas passaram a discutir questões que antes não eram promovidas. A situação da educação infantil no país, novas abordagens inclusivas e plurais passaram a ser indispensáveis nos cursos de graduação em pedagogia.

Todas essas mudanças em constante movimento acontecem para que os desafios da educação infantil no país sejam pensados juntamente com a formação do pedagogo, que é o período em que a atuação pode ser construída em conjunto. Novos olhares foram propostos e incorporados nas aulas. Foram incluídas também reflexões sobre as políticas públicas nesse campo e transtornos escolares existentes nessa fase da infância.

O papel da sociedade em relação ao aprendizado das crianças

Não podemos dissociar esse curso tão importante das mudanças da nossa sociedade contemporânea. É papel da escola, do professor e dos indivíduos próximos oferecerem para a criança espaços que promovam diálogos, trocas e transmitam confiança em todo o processo de ensino e aprendizagem. Atuar com zelo no desenvolvimento das crianças faz parte da trajetória profissional de todo pedagogo, e é para isso que esse professor deverá estar apto.

Conheça o projeto pedagógico do curso de pós-graduação lato sensu modalidade presencial da Faculdade do Seridó, ou entre em contato conosco para tirar as duas dúvidas.